......................................................................................................................................................................
..........................................

Muhammad Ali

  "Flutue como uma borboleta, ataque como uma abelha!"
Ficha técnica
Curiosidades
Frases
Fotos
................................................................................................................................................................................................................
.................................................................................................................................................................................................................
FICHA TÉCNICA
 


Nome:
Muhammad Ali
Nome de nascimento: Cassius Marcellus Clay Jr.

Nascimento: 17/01/1942
Natural: Louisville, Kentucky (EUA)


O nome Cassius Marcellus Clay foi em homenagem a um dos primeiros ativistas negros norte-americanos.
Passou a se chamar Muhammad Ali em 1964, quando se converteu ao islamismo
.

Tornou-se membro dos Muçulmanos Negros, uma seita religiosa que pregava a separação racial.

Conquistas: Sua última luta foi em 12 de dezembro de 1981, após 56 vitórias, 37 por nocaute, 5 derrotas, um tricampeonato mundial e uma medalha de ouro, na Olimpíada de Roma/60.


 
 

......................................................................................................................................................................................................topo

CURIOSIDADES
Foi eleito "O Esportista do Século" pela revista Sports Illustrated´s, “Atleta do Século" pela revista GQ, “Personalidade Esportiva do Século” pela BBC e, em 2005, recebeu a principal condecoração civil americana, a Medalha Presidencial da Liberdade.
 
Ficou famoso pelas grandes bolsas que recebia em cada luta: US$ 2,5 milhões na derrota para Joe Frazier (1971), US$ 2,6 milhões na vitória sobre Frazier (1974) e mais US$ 5 milhões na vitória sobre George Foreman (1974).
 
Foi o único boxeador que até hoje suportou 12 assaltos com o maxilar quebrado (luta com Ken Norton, em 1973).
..
Em 1968, a revista Esquire publicou na capa uma foto de Ali alvejado com seis flechas, como São Sebastião, padroeiro dos atletas e que foi morto com flechadas por sua fé. Na época, Ali havia se recusado a servir na Guerra do Vietnã.
..

Em 2007 lançou uma linha de produtos light, composta por comidas e bebidas com poucas calorias, como salgados assados em forma de luvas de boxe e sacos de pancada em sabores como churrasco de frango.

..
Filmes que retratam sua carreira:

- Muhammad Ali: O Maior De Todos
(1977) / The Greatest
Elenco: Robert Duvall, Ernest Borgnine, Ben Johnson, Muhammad Ali

- Ali (EUA, 2001)
Elenco: Will Smith, Jamie Foxx, Jon Voight
O ator Will Smith ganhou cerca de 16kg de peso para poder interpretar Ali. Charles Sufford, que interpreta George Foreman, é boxeador de verdade.

- Muhammad Ali: Aos Olhos Do Mundo (2001)
Elenco: Billy Crystal, Muhammad Ali, Richard Harris, James Earl Jones, Rod Steiger
A história de Ali contada por familiares, amigos e fãs de todo o mundo.

- Quando Éramos Reis (2002) / When We Were Kings
Elenco: Muhammad Ali, George Foreman, James Brown, B.B. King, Don King
Documentário sobre a luta de 1974 entre Ali e Foreman, realizada no Zaire.

..

HISTÓRICO:

1954 - Começou a treinar boxe após ter sua bicicleta roubada.

1960 - Conquistou o ouro da categoria meio-pesado na Olimpíada de Roma.

De volta aos Estados Unidos, não foi servido em um restaurante por ser negro. Desgostoso, atirou sua medalha em um rio.

1964 - Conquistou o título de campeão dos pesos pesados ao derrotar Sonny Liston.

1967- Foi convocado para servir o exército norte-americano na Guerra do Vietnã. Recusou alegando objeção de consciência. Foi processado pelo governo e perdeu a licença para boxear por três anos.

1971 - Ali e Joe Frazier subiram ao ringue para unificar o título dos Pesados, na chamada ‘Luta do Século’. Ali caiu no 15º round e Frazier levou por decisão unânime.

1974 - Ganhou sua segunda briga com Frazier, também por decisão unânime.

1974 - Ganhou de novo o título ao vencer George Foreman em luta realizada no Zaire: “Barulho na Floresta”.

1975 - Ali vence novamente Frazier em Manila.

1978 - Perdeu o cinturão para Leo Spinks e em seguida retomou-o de Spinks.

Junho de 1979 - Se retirou do boxe quando ainda era campeão.
As tentadoras ofertas fizeram com que voltasse, mas só para ser derrotado por Larry Holmes e Trevor Berbick.

Nos anos 80, começou a mostrar sinais de que teria Mal de Parkinson. Diagnóstico confirmado, hoje Ali tem sérias dificuldades de fala e locomoção.

1996 - Foi homenageado pela organização dos Jogos Olímpicos de Atlanta. Recebeu uma nova medalha de ouro, como forma de substituir a que desprezara em 1960, e acendeu a pira olímpica na cerimônia de abertura.

 
......................................................................................................................................................................................................topo
FRASES

É difícil ser humilde, quando você é grandioso como eu.

.................................................................................................................................................................................................................
  Eu sou tão rápido que, ontem à noite, desliguei a luz no meu quarto, no hotel, e eu já estava deitado antes do quarto ficar escuro.
                                             
Eu sou a América. Eu sou a parte que você não vai identificar, mas se acostume comigo. Negro, confiante, arrogante - meu nome, não o seu. Minha religião, não a sua. Meus objetivos, eu mesmo. Acostume-se comigo.
                                             
  É só um serviço. A grama cresce, os pássaros voam, as ondas batem na areia. E eu bato nas pessoas.
                                             
Quando você entrar na luta, não bloqueie as salas, não bloqueie as portas. Para todos irem para a casa depois do quarto round.
Cassius Clay, antes de sua luta com Archie Moore (1962)
                                             
 

Isso é tudo que você tem para dar, George?
Cochichado no ouvido de Foreman, durante a luta no Zaire.

 
Sou o rei do mundo.
 
 

Qualquer um dos dois poderia ter morrido.
Comentou após a ‘Luta do Século’ contra Joe Frazier, em 8/1075.

 
Cassius Clay é um nome de escravo. Eu não o escolhi e eu não o queria. Eu sou Muhammad Ali, um nome livre - significa amado por Deus - e eu insisto que as pessoas o usem para falar comigo.
 
  Esvazie minha cela e leve meu rabo para a cadeia. Porque é melhor estar na cadeia alimentado do que estar no Vietnã, morto.
 
O preconceito vem da escuridão; um pouquinho de luz do sol o desinfeta.
 
  As pessoas não percebem as coisas que têm até perdê-las. Como o presidente Kennedy - ninguém será como ele. Como os Beatles, não haverá ninguém como eles. Como o meu cara, Elvis Presley - eu fui o Elvis do boxe.
 
Eu percebi que, se eu falar o bastante, convenceria o mundo todo de que eu sou o maior.
 
  Queria que as pessoas amassem a todos como me amam. O mundo seria bem melhor.
 
Não quero vir a ser um desses lutadores velhos, de nariz achatado, dizendo gugu-dadá antes de uma luta?
 
  Eu tenho Mal de Parkinson. Mas eu não sinto dores. Se eu tivesse bem de saúde, se eu tivesse vencido minhas duas últimas lutas, as pessoas teriam medo de mim. Agora, elas sentem pena de mim. Elas achavam que eu era o Super-homem. Agora, elas podem dizer: ‘ele é humano como nós. Ele tem problemas’.
 
As pessoas naturalmente ficam tristes por ver os efeitos da doença. Mas se elas realmente o vissem no dia-a-dia, elas não ficariam com pena dele. Ele vive uma paz completa e está aqui aprendendo uma grande lição
Disse Hana Ali, uma das nove filhas do ex-pugilista
 
  Ele é uma lenda vida. Muitas pessoas o criticaram por causa do boxe. Achavam que ficou doente por causa das lutas. Mas hoje sabem que não foi nada disso. Ele tem casos de Mal de Parkinson na família e desde a época em que lutava já tomava remédios. O Muhammad Ali tem que ser visto como um grande exemplo.
Acelipo Popó Freitas
 
Ali é decididamente o maior de todos. Ele é o lutador que eu via na TV e dizia: quero ser como ele. É o meu herói em todos os sentidos.
Afirmou o ex-campeão mundial Lennox Lewis
     
 
  O que faz dele o maior lutador é que ele, simplesmente, tinha habilidades que excediam as expectativas de qualquer um. Era o mais rápido, o melhor, o mais positivo e nunca mais verão as atitudes que ele teve. Talvez, tenha sido o maior atleta de todos os tempos.
Sylvester Stallone
 
......................................................................................................................................................................................................topo
FOTOS
 
Imagens que registram algumas passagens na vida de Ali
......................................................................................................................................................................................................topo